Início » Gravidez » Semanas de gestação – calendário das etapas da gravidez

Semanas de gestação – calendário das etapas da gravidez

Durante a gestação, todas as fases são importantes para a boa saúde do bebê. Principalmente, nos três primeiros meses, quando os órgãos fundamentais se formam.

Enquanto isso, com o passar das semanas, o corpo da mulher passa por diversas mudanças – que serão discutidas com mais detalhes neste post. As quais foram baseadas no guia elaborado pelo WebMD.

Se você quer entender como é o desenvolvimento do bebê semana a semana e ter acesso a uma tabela relacionando os meses, trimestres e semanas de gestação, continue a leitura!

Até 4 semanas – 1 mês

Esse período marca o início do primeiro trimestre da gestação, que é o mais crítico. Afinal, nessa etapa, acontece o início da formação do feto.

Então, depois que o teste de gravidez deu positivo, é hora de começar a fazer o pré-natal.

O embrião vai causar diversas mudanças no corpo da futura mamãe. Por exemplo, é nessa época que o corpo feminino começa produzir o hormônio beta-HCG para que o bebê se desenvolva no útero.

Entretanto, não ocorre apenas essa mudança no organismo da mulher! De acordo com o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (United Kingdom National Health Service), é normal que possa surgir enjoos, cansaço e sensibilidade nos seios – sintomas que podem ser confundidos com a TPM.

Ao fim das quatro semanas, o embrião ainda não possui placenta – ele está envolto no saco gestacional – e tem apenas 2 milímetros de tamanho. Nesse período, ainda não há sistema nervoso central (SNC), mas o tubo neural já está formado.

Por esses motivos, é fundamental que você saiba como descobrir que está grávida.

Entre 5 e 8 semanas – 2 meses

A partir da quinta semana, o coração do feto já se formou. Esse órgão já está em funcionamento e começa a bombear sangue em ritmo acelerado.

Segundo a MedicineNet, companhia referência em publicações relacionadas à saúde, até o fim das oito semanas, outros órgãos vitais também já devem ter começado a se formar, por exemplo: pulmões, fígado, intestino e rins.

Os primeiros neurônios começam a surgir até o fim do segundo mês. Além disso, pequenos volumes são formados e, no futuro, se tornarão braços e pernas.

Como o bebê é muito pequeno, é comum que muitas mulheres descubram apenas nesse mês que estão grávidas.

Contudo, muitas gestantes já têm consciência da sua condição. Afinal, durante o segundo mês, os primeiros sintomas de gravidez ainda são muito comuns.

Nesse período, ainda acontecem muitas mudanças hormonais. Ao fim das oito semanas de espera pelo bebê, é possível descobrir qual será o sexo do filho.

Atualmente, existem diversos meios para isso. Por exemplo, a sexagem fetal tradicional e o Método Ramzi.

Entre 9 e 13 semanas – 3 meses

Chegamos ao fim do primeiro trimestre! Nessa etapa, acontece a formação dos ossos e das cartilagens, que estão presentes nos ouvidos, nariz e cotovelos. É nesse mês que os pais já conseguem ver os futuros bebês mexendo os braços pelo ultrassom.

Durante o período entre as 9 e 13 semanas de gravidez, os testículos e ovários já estão completamente formados e é possível ter mais certeza do sexo da criança.

Em média, a criança tem, aproximadamente, 7,4 centímetros. Ao fim da 13ª semana, a placenta já está completamente formada. Nessa etapa, é importante ficar de olho nas colorações das secreções.

Caso o tampão mucoso, por exemplo, comece a ser excretado, é preciso ir ao médico com urgência porque pode ser um sinal de alerta.

Entre 14 e 17 semanas – 4 meses

Durante a 14ª e 17ª semanas de gestação, o feto já tem os reflexos de sucção e deglutição. Além disso, ele já começa a engolir o líquido amniótico. Isso acontece devido ao grau de desenvolvimento dos pulmões.

mãos sobrepostas na barriga gestante formando um coração

Nesse período da gestação, o corpo do futuro bebê já consegue regular sua própria temperatura. Isso acontece por conta do lanugo, que é uma fina camada de pelos que cobre todo o corpo.

As pálpebras ainda estão fechadas e, mesmo assim, o feto já é capaz de diferenciar claro e escuro.

Ao fim desse período, seu bebê deve ter, em média, 13,5 centímetros. Além disso, nessa época, a barriga começa a ficar mais perceptível.

Por esses motivos, os pais e mães que quiserem acompanhar a gestação com mais detalhes podem recorrer a aplicativos para grávidas.

Entre 18 e 22 semanas – 5 meses

Como mencionado pela Healthline, durante esse período da gestação, os ouvidos já estão bem formados. Por isso, o bebê já é capaz de ouvir os batimentos cardíacos da mãe. Se a criança for do sexo feminino, já será possível confirmar por meio do ultrassom morfológico.

Além disso, após o nascimento, os barulhos ouvidos durante o desenvolvimento podem tranquilizar o bebê. Para entender mais sobre o assunto, veja nosso post sobre os sons que acalmam o bebê.

Ao longo do quinto mês, a mãe já consegue sentir a criança se movimentar. Nessa etapa, ela possui cerca de 27,5 centímetros e pode pesar até 480 gramas.

Entre 23 e 27 semanas – 6 meses

O período que compreende da 23ª e 27ª semanas de gestação marca o fim do segundo trimestre. Nessa etapa, o bebê começa abrir os olhos e ter uma rotina de sono. É nesse período que o paladar e a audição começam a ficar mais desenvolvidos.

gestante segurando um pote com frutas

Ao fim do sexto mês, o bebê pode ultrapassar o peso de 1 kg e passar dos 34,5 centímetros. Nessa etapa, também, ele já começa a responder a estímulos externos como o toque, além de se assustar.

Entre 28 e 31 semanas – 7 meses

Chegamos ao último trimestre da gestação! Agora, o cérebro já está mais desenvolvido e se expandindo cada vez mais. Além disso, a American Pregnancy Association (Associação Americana de Gravidez) relata que, nesse período, o bebê se mexe com mais frequência, reage aos sons e à luz e reconhece a voz da mãe.

Aos sete meses, as necessidades nutricionais da criança são cada vez maiores. Afinal, nesta fase, a criança já tem 1,7 kg – em média – e mede cerca de 40 centímetros.

Por esses motivos, é importante que os pais fiquem preparados para ir à maternidade, caso haja a possibilidade de um parto prematuro.

Entre 32 e 35 semanas – 8 meses

No penúltimo mês da gravidez, a ansiedade para ver a criança só aumenta, não é mesmo? Entre as semanas 32 e 35, os pulmões já estão mais desenvolvidos, mas ainda não estão completos.

O sistema respiratório da criança já é capaz de produzir uma substância que vai ajudar na hora de respirar fora da barriga da mãe.

Já está quase na hora do parto. Por esse motivo, é importante deixar tudo preparado. Então, se você desejar, já pode começar a pensar nos convites para padrinhos de batismo.

No fim do oitavo mês, a criança já pesa cerca de 2,5 kg e mede 45,5 centímetros. O sistema digestivo está formado e os ossos estão cada vez mais fortes. Por isso, não há muito espaço para ela se movimentar.

A mãe pode sentir um maior desconforto nas pernas e as varizes podem começar a aparecer.

Entre 36 e 42 semanas – 9 meses

O último mês da gravidez deve ser entre a 36ª e a 40ª semana. Contudo, em alguns casos, ela pode chegar até a 42ª. O bebê cresce mais a cada dia e a camada de pelos que cobre a pele começa a desaparecer.

gestante segurando a foto do ultrassom

Em geral, até a semana 37, a maioria dos bebês já fica com a cabeça virada para baixo. Essa é a posição ideal do nascimento. Caso isso não aconteça, o obstetra irá avaliar e apresentar a melhor solução.

Em média, um bebê costuma pesar entre 3,5 kg e medir 51 centímetros. Caso o parto aconteça até a 40ª semana de gravidez, ele é considerado a termo.

Contudo, se o nascimento acontecer até semana 41 e 6 dias, chama-se parto tardio. Por fim, se a criança vier ao mundo após a 42ª semana, considera-se que o procedimento foi pós-termo.

O trabalho de parto pode não se iniciar naturalmente até a metade da 41ª semana. Assim, o obstetra deve avaliar qual é a solução ideal para cada gestante. Em geral, os profissionais da saúde escolhem entre a indução do parto ou cesariana.

Ao fim desse período, a espera pelo bebê termina. Por esse motivo, o enxoval já deve estar completo e a família precisa ter em mente quantas roupas de recém-nascido comprar.

Fique neste post e veja uma tabela que relaciona os trimestres, os meses e as semanas de gravidez!

Tabela com as semanas de gestação

Medir o tempo por semanas pode ser confuso para algumas pessoas. Principalmente, as mamães e papais de primeira viagem. Por esse motivo, a Brandili preparou uma tabela completa com as semanas de gestação. Confira abaixo!

Meses Semanas Trimestre
1 1 a 4 Primeiro
2 5 a 8
3 9 a 13
4 14 a 17 Segundo
5 18 a 22
6 23 a 27
7 28 a 31 Terceiro
8 32 a 35
9 36 a 42

Viu como a gravidez é um período incrível? O desenvolvimento do embrião até virar bebê é muito rápido.

Por isso, grave bem todas as informações deste post para acompanhar cada etapa da sua gestação e entender o que está acontecendo com o seu filho ou filha dentro da sua barriga.

Depois que a criança nasce, inicia-se uma nova etapa. Afinal, agora há um novo membro na família. Por isso, é importante recepcioná-lo muito bem.

Além disso, a nova mãe também requer os cuidados necessários porque a gravidez é um período cansativo. Então, veja nosso post sobre o que é puerpério e saiba como lidar com o pós-parto!

Avalie este post
Compartilhe:
Carla Bucci

Autor: Carla Bucci

Graduada em Jornalismo pela Universidade Regional de Blumenau (FURB), reside na cidade de Blumenau. É apaixonada por moda e pelo desenvolvimento de textos criativos. Para achar as melhores pautas do universo infantil, está sempre ligada nas redes sociais.

Deixe um comentário