Estresse no resguardo: 8 dicas para prevenir e aliviar

O estresse no resguardo é natural, inclusive é uma fase da maternidade que todas passam – saiba que você não está sozinha. Por isso, nós reunimos algumas dicas de prevenção e como aliviar, conte com a gente para passar por essa fase, boa leitura!

4 dicas para prevenir o estresse no resguardo

O resguardo, também conhecido como quarentena ou puerpério, é o tempo de 42 dias aproximadamente que o corpo feminino leva para retomar a forma antes da gestação.

É uma fase em que a mãe não pode realizar atividades que exigem concentração e esforço físico. Isso frustra muitas mulheres, porque causa uma dependência para realizar ações que antes eram feitas com autonomia.

Sabendo dessa condição, nós trouxemos algumas dicas para prevenir o estresse no resguardo, aliás, é uma ótima forma de prevenir a depressão pós-parto, confira na sequência:

1. Busque profissional qualificado para o pré-natal

O pré-natal envolve todos os cuidados, físicos e psicológicos, que a mãe e o bebê precisam receber desde a gravidez até o parto. Por isso, escolher um médico qualificado para acompanhar é fundamental.

Ele orienta o que é necessário para você e o bebê, da mesma forma que dá conselhos para os familiares. Se necessário, encaminha para nutricionista ou nutrólogo, psicólogos ou terapeutas.

Enfim, o médico orienta o que é preciso para a gravidez ser tranquila e chegar no momento do resguardo sabendo o que pode ou não fazer.

mulher grávida sendo examinada por médica

2. Garanta a ajuda de uma pessoa

Independente se é mãe de primeira viagem ou experiente, é importantíssimo contar com a ajuda de terceiras pessoas, afinal de contas, a sua saúde pós-parto depende desse auxílio.

Por isso, antes mesmo de dar a luz, combine com os familiares quem acompanhará na maternidade e quem ficará alguns dias com você em casa pós-parto. Nesses casos, mãe, marido ou namorado, irmã, sogra, cunhada, tia, sobrinha ou amiga íntima são ótimas opções para chamar.

3. Ajeite a casa para facilitar o pós-parto

Arrume a casa de uma forma que facilite sua vida, já que depois do parto você fica limitada para realizar movimento de abaixar e, até mesmo, para subir e pegar objetos no alto.

Portanto, deixe o essencial acessível. Em suma, demandas do bebê (trocador, fralda, lenços, roupinhas, banheiras, etc.) e seus pertences (hidratantes, trocas de roupas, lanches rápidos, etc.).

4. Tenha uma rotina saudável

A rotina saudável de alimentação e prática de exercícios físicos é uma forma de amenizar a desregulação hormonal. Inclusive, realizar ambos cuidados promove o bem-estar e reduz o estresse. Logo, o corpo já fica sem radicais livres e, quando chegar o resguardo, ele já está menos estressado.

mulher segurando copo com água

4 formas de aliviar o estresse pós-parto

Depois do nascimento do bebê, é natural que a atenção seja totalmente destinada à ele, isso é fato, mas é importante equilibrar as demandas do filho com suas próprias necessidades.

Sendo assim, após todo o cuidado durante a gravidez, chegou o momento de entender como lidar com o estresse no pós-parto, principalmente durante a quarentena. Aliás, o pós-operatório será menos cansativo se você realizar as dicas anteriores aliadas com as seguintes, confira:

1. Não tenha medo de pedir

Precisar de auxílio não é sinônimo de relaxo, e nesse momento você precisa deixar as pessoas realizarem as tarefas “por e para” você.

Com isso em mente, deixe a vergonha de lado e peça o que for necessário: pegar um objeto que caiu no chão, cozinhar um prato apetitoso, arrumar uma bagunça, higienizar ambientes e objetos. E o mais importante: peça para cuidar, dar banho, fazer dormir e acalmar o bebê para que você possa descansar.

2. Continue com alimentação saudável

A dieta pós parto é crucial para você o bebê, afinal de contas, a alimentação dita o quão nutritivo é o leite para a amamentação, além de ser um dos pilares para recuperação corporal.

Por isso, mantenha o cardápio rico em fibras, vitaminas e hidrate com muita água, porque amamentar causa sede e a hidratação auxilia o corpo a desintoxicar e desinchar.

prato de salada

3. Tente dormir sempre que puder

Durma quando o bebê dormir. Dessa forma, você consegue regular o próprio relógio biológico com o do filho e descansar. Os bons sonos ajudam na concentração, regulação hormonal, recuperação corporal e reduz o estresse.

Inclusive, não se preocupe em colocar um despertador, uma vez que você despertará assim que o bebê chorar ou acordar, porque o corpo está em alerta – é o famoso instinto materno.

mulher mãe deitada segurando o bebê

4. Dedique um tempo para hobbies

A preocupação faz com que o corpo libere os hormônios do estresse, o cortisol, isso dificulta o sono e o descanso propriamente. Por isso, reserve um tempo para cuidar do seu bem-estar com hobbies e reduzir o nervosismo.

Tendo conhecimento disso, relaxe a mente com as seguintes sugestões: escute música, cante junto, assista filmes e séries com temas leves, leia livros agradáveis, escreva sobre essa fase em um diário, tire fotos do bebê, entre outras atividades.

Essas boas práticas aliviam a tensão e vão facilitar sua rotina. Lembre-se que é uma fase da vida e ficar impaciente, nervosa ou preocupada é natural, e saiba que não precisa passar por esse momento sozinha. Busque ajuda profissional se necessário, converse com os familiares e não deixe de comunicar algo que a incomoda.

Além do mais, converse com o parceiro contando como foi o dia, qual foi a melhora que você sentiu e como o filho se comportou. Detalhe esses pequenos pontos para que ele entenda como é a fase pós-operatória, só assim ele saberá como cuidar de você e do bebê.

Esperamos que essas 8 dicas facilitem o resguardo pois, só com um repouso bem feito você consegue retomar as atividades com normalidade. Faça esse esforço inicial para proporcionar um futuro saudável ao próprio corpo.

Já que estamos falando em bem-estar e cuidados na maternidade, leia o conteúdo com os 4 melhores exercícios de relaxamento para a rotina das mamães e veja como eles podem auxiliar ainda mais na recuperação. Esperamos que goste.

Até o próximo post!

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados