Terror noturno infantil: o que é, sintomas e o que fazer

O terror noturno infantil é uma parassonia (ou distúrbio do sono) em que a criança grita ou chora, mas sem despertar do sono.

Até o momento, as causas não foram diagnosticadas e existem apenas hipóteses relacionadas a esse episódio que pode afetar até mesmo adolescentes.

Sabendo disso, trouxemos as informações que todos os pais precisam saber: o que é terror noturno, idade que acontece, como identificar e proceder. Leia na sequência e veja como auxiliar o seu filho/filha nesse momento difícil.

Criança menina dormindo na cama

O que é terror noturno infantil?

O terror noturno infantil é quando a criança se desespera durante o sono, porém o corpo não acorda, fazendo com que os pequenos vivenciem uma experiência de medo acentuado (que é diferente de um pesadelo e sonambulismo).

Como explica o órgão Pediatra Orienta, o terror noturno infantil costuma acometer crianças e jovens de 3 a 12 anos e não tem prevalência em algum dos gêneros, sendo caracterizado por episódios de agitação e medo intenso.

Quais são os sintomas do terror noturno?

Os sintomas do terror noturno são reações corporais a situações de perigo e alerta. O metabolismo descarrega uma carga hormonal de adrenalina e o corpo pode responder das seguintes formas:

  1. Gritos;
  2. Choros;
  3. Agitação nas pernas e braços (a criança pode correr pela casa);
  4. Olhos arregalados, por mais que não esteja acordada;
  5. Olhar catatônico, ou seja, parado e distante;
  6. Batimentos cardíacos acelerados;
  7. Confusão mental;
  8. Desespero;
  9. Respiração agitada;
  10. Hiperidrose, isto é, suor frio;
  11. Em alguns casos, faz xixi na cama.

Quanto tempo dura o terror noturno em crianças?

O episódio tem duração de 10 a 15 minutos e a criança não desperta, mesmo com os pais chamando-a pelo nome e tentando acordá-la.

Mas a boa notícia é que diminuem à medida que a criança cresce: por mais que possa se apresentar em jovens, a maioria dos casos desse distúrbio do sono ficam entre os 2 e 5 anos.

Veja também: entenda a fase dos 2 anos

O que causa terror noturno na criança?

As teorias científicas apontam que o terror noturno infantil ocorre pela falta de maturidade no sistema nervoso central, o que significa que pode ser parte de um dos estágios normais do desenvolvimento infantil ou apenas uma consequência de pesadelos.

Porém, caso aconteça com frequência, é preciso analisar outras possíveis causas para combater o terror noturno.

Há ações que influenciam o seu surgimento, como atividade física excessiva, ingestão de alimentos com cafeína e questões mentais depressão e estresse emocional.

Menina dormindo no banco carro ao lado de um cachorro

Como lidar com a crise do terror noturno?

Quando os pais não sabem que a criança está passando por um episódio de terror noturno é mais complicado, pois se desesperam junto com o filho. Por isso, veja as dicas a seguir de como proceder em casos de terror noturno.

1. Mantenha a calma

No começo, é natural que os pais se assustem com a situação. Porém, é de suma importância que mantenham a calma para cuidar da criança e prevenir acidentes. Levante da cama, vá até o quarto dos pequenos, respire fundo e lembre-se que a crise passará dentro de alguns minutos.

2. Não tente acordar

A criança não reconhece os pais, afinal de contas, a visão está imersa no mundo da fantasia e a audição no mundo real, e ficar chamando a criança aumenta o desespero. Portanto, deixe o corpo reagir ao terror.

3. Garanta a segurança

Mantenha os objetos cortantes, perfurantes e tudo que possa machucar o mais longe possível. Assim, o ambiente fica seguro e evita que acidentes aconteçam. Além do mais, não deixe a criança sozinha em nenhum momento da crise e garanta que ela não vá cair da cama.

O que fazer depois da crise?

Após o episódio de terror noturno a criança tem duas possibilidades, voltar a dormir ou despertar. Se adormecer em seguida, deixe que deite e retorne ao sono normal.

Caso desperte, leve ao banheiro para fazer xixi, ajude a tomar um banho quentinho (para tirar o suor, relaxar o corpo e colocar um pijama confortável limpo), dê um lanchinho e escove os dentes para dormir novamente.

Conselho: evite falar sobre a situação no momento, porque a criança não tem consciência do que aconteceu. Falar sobre isso causa vergonha e medo de voltar a dormir. No dia seguinte, converse para identificar o que está deixando a criança estressada ou preocupada.

Recomendamos que leve ao pediatra e, posteriormente, ao psicólogo para tratar de forma interna e evitar que aconteça novamente.

Além disso, é essencial criar uma rotina no período da noite que consiste em relaxar antes de dormir (ler uma história, escutar uma música e tomar banho quente).

Bebê dormindo numa cama branca

Qual a diferença entre terror noturno, pesadelo e sonambulismo?

A diferença entre terror noturno, pesadelo e sonambulismo está no momento em que eles acontecem e as reações corporais que desencadeiam.

O terror noturno tende acontecer no início do sono (entre a vigília e o primeiro sono). Ou seja, ocorre nos primeiros minutos que a criança deita. Ela começa a gritar, chorar e balbuciar palavras de ajuda, em alguns casos.

Já o pesadelo se passa na fase REM (o sono profundo, sujeito a 4 ou 5 vezes à noite). Ele é propenso a acontecer na madrugada e a criança vivencia o medo apenas na mente, com o corpo permanecendo imóvel na maioria dos casos.

Além disso, é frequente que os pequenos consigam se lembrar do pesadelo.

Por sua vez, o sonambulismo é um acordar incompleto, em que o corpo se movimenta, mas a consciência não. E sem a presença do medo ou terror.

É uma situação em que a criança levanta da cama, anda pela casa e conversa, porém sem saber que está fazendo tudo isso.

Mãe e dois filhos meninos sentados de pijama tomando café da manhã

Conhecendo os detalhes do terror noturno infantil, você pode prevenir riscos e cuidar dos filhos de forma certeira. Siga as dicas acima e continue acompanhando o Blog da Brandili para receber mais informações.

Leia também:

10 canções de ninar brasileira para embalar o sono

Como fazer bebê dormir a noite toda

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados