O que é parlenda e por que é importante na alfabetização

Para os pais, a fase de alfabetização inicial das crianças pode trazer muitas preocupações e dúvidas. Essa etapa precisa incluir o desenvolvimento simultâneo da leitura e da escrita dos pequenos, pois esses são os processos inseparáveis e responsáveis pelo ensino eficaz e satisfatório.

Se você está questionando o que isso tem a ver com as parlendas, a nossa resposta é: tudo! As parlendas são atividades de aprendizado capazes de impulsionar a educação de uma maneira impressionante, trabalhando desde o raciocínio lógico até a consciência fonológica das crianças — passando até pelo seu repertório cultural.

Quer entender mais sobre esses benefícios e descobrir o que é uma parlenda exatamente? Então vem descobrir com a Brandili!

O que é parlenda?

Basicamente, uma parlenda é um gênero textual composto de palavras com temáticas infantis típicas do folclore brasileiro. Não é regra, mas na maioria das vezes as parlendas são curtinhas e têm ritmo e métrica, fazendo com que a sua recitação em voz alta seja cantada na maioria das vezes.

Em resumo, as parlendas são aquelas rimas que grande parte das pessoas escutam na infância. Para dormir, é clássico recitar a musiquinha “Serra, serra, serrador” enquanto embala a criança no colo.

Depois, na hora de brincar, frases como “Um, dois, feijão com arroz…” são tão clássicas que temos certeza que você continuou os versos por aí. Ou seja, uma parlenda é só um nome que veio do verbo em Latim “parlare” (conversar, falar) para definir esses textos de transmissão oral que conhecemos e amamos.

Aliás, por serem transmitidas de geração em geração, principalmente pela fala, as parlendas não possuem autores ou autoras definidas e podem sofrer diversas variações no caminho, como um telefone sem fio.

Por isso, não existem regras de estrutura muito fixas para definir as parlendas, mas você pode procurar por versos de cerca de 5-6 sílabas rimadas para identificá-las.

Apesar de ser um gênero textual menos formal, as parlendas são capazes de estimular a leitura infantil e muitos outros aspectos essenciais do processo de alfabetização, até porque os textos costumam conter lições morais e outros recursos educativos.

Um belo exemplo é o trava-línguas, que usa de palavras de fonemas muito parecidos para enriquecer o conhecimento fonológico das crianças. Veja mais sobre os benefícios de inserir esse gênero textual na educação infantil abaixo:

Qual é a importância da parlenda?

Durante as fases do desenvolvimento da linguagem infantil, a criança passa a aprender como reconhecer e produzir padrões sonoros, palavras e depois frases inteiras. Diante da definição de parlenda que explicamos acima, fica bem intuitivo deduzir como essas rimas podem contribuir para esse processo.

As parlendas são exercícios lúdicos, o que significa que o seu principal objetivo é entreter e divertir. O aprendizado é um benefício secundário das rimas, e é por isso que as crianças amam tanto: brincar sem perceber que está aprendendo!

Uma das principais vantagens é que, por serem versos cantados, é preciso guardá-los para usar depois, então o processo de retenção de memórias fica mais aguçado.

Além disso, as parlendas incluem combinações criativas de palavras que muito provavelmente não são usadas no cotidiano, o que aumenta o repertório léxico e a riqueza linguística de quem as escuta.

Já a leitura e a escrita dos pequenos é beneficiada pela parlenda, pois, não basta apenas aprender A, B e C para as crianças usarem o alfabeto livremente – é preciso reconhecer as interações que as letras têm entre si, e não há nada melhor do que as rimas para ajudar com isso.

Tudo isso faz com que a escrita, a fala e o hábito de leitura sejam incentivados desde cedo na rotina dos pequenos! E por último, mas não menos importante, precisamos ressaltar que a importância das parlendas está no acervo cultural que elas proporcionam.

Aprender as tradições geracionais de sua família é essencial para que o seu filho reconheça a bela herança de costumes que possui e passe a se identificar com a nossa riquíssima cultura brasileira.

Exemplos de parlenda

Agora que você sabe exatamente o que é a parlenda e qual a sua importância, que tal relembrar alguns exemplos da sua infância para passá-los para a próxima geração? Olhe só as brincadeiras antigas que as crianças usam até hoje:

  • Num ninho de mafagafos há sete mafagafinhos / Quando a mafagafa gafa / Gafam os sete mafagafinhos.
  • Uni, duni, tê / Salamê, minguê / O sorvete colorido / O escolhido foi você!
  • Batatinha quando nasce / Espalha a rama pelo chão / Menininha quando dorme / Põe a mão no coração.
  • Corre cutia, na casa da tia / Corre cipó, na casa da avó / Lencinho na mão, caiu no chão.
  • Tá com frio? / Toma banho no rio / Tá com calor? / Toma banho no tambor.

E aí, gostou de relembrar os bons dias? Se quiser mais ideias de métodos educativos diferentes do livro e caneta para ensinar as crianças de forma lúdica, confira também o nosso post sobre canais educativos no Youtube!

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados