Vida a dois: 11 dicas para um relacionamento saudável

A vida a dois é uma fase repleta de amor, paixão e alegria, mas também é um combinado de aventuras, decisões e desafios. Aliás, muitos dizem que o relacionamento cai na mesmice ou que torna-se pacato com o tempo, e está tudo bem se para ambos isso é natural.

Um relacionamento saudável tem a ver com o bem-estar dos dois, por isso, veja como cuidar da relação dia após dia nessa lista que preparamos!

1. Compartilhe sua história

Sabe quando a mãe busca o álbum de fotos antigas? É um tanto embaraçoso para algumas mulheres, porém são essas fotos que desenrolarão em várias histórias, e seu parceiro vai amar conhecer o passado da família. Por isso, compartilhe sobre viagens que você fez, os perrengues que enfrentou e o que foi bom de cada momento, e o mais importante, deem boas risadas juntos.

Se você está em um relacionamento por anos, continue compartilhando os seus sentimentos. É sempre melhor deixar claro para a outra pessoa como você se sentiu em determinadas situações.

2. Seja uma boa ouvinte

Ser uma boa ouvinte é um dos pilares para relacionamentos duradouros, afinal de contas você demonstra que se importa com o outro, até nos mínimos detalhes – e quem não gosta de receber atenção, carinho e cuidado? Portanto, escute atentamente quando ele compartilhar sobre a história de vida pessoal, viagens, problemas no trabalho, e até mesmo insatisfações no relacionamento.

3. Converse sobre o futuro

Segundo Zygmunt Bauman, os relacionamentos são líquidos, ou seja, as pessoas têm medo de mostrar emoções e de construir relações duradouras. Sabendo disso, mostre ao parceiro que ele é importante para sua vida conversando sobre o futuro.

O futuro do casal envolve casamento, estudos, carreira profissional, filhos, viagens e conquistas pessoais. É fundamental conversar sobre “onde eu me encaixo em seu objetivo de vida?“.

Alinhar como vão conquistar a vida juntos é determinante para dar segurança ao relacionamento. Exponha seus desejos e os do seu parceiro, assim, vocês podem se planejar para conquistar os sonhos e expectativas um do outro.

4. Ache o equilíbrio entre os opostos

Conhece o símbolo chinês do equilíbrio, o Ying Yang? Ele prova que é possível viver em harmonia com o oposto, já que um tem um pouquinho do outro. Portanto, encontre um equilíbrio saudável, já adiantamos que ambos terão que ceder em algum momento para o relacionamento funcionar.

Por exemplo, “comida japonesa ou churrasco”, nesses casos, experimente os gostos do parceiro e chame-o para conhecer os seus. Depois ambos compartilham o que acharam da experiência.

Aliás, continuando no mesmo exemplo, aventurem-se por comidas mexicanas, árabes, regionais brasileiras e demais, porque assim vocês irão achar pontos em comuns e construir novas preferências juntos.

Além disso, respeite as individualidades. Por vezes, é bom ter um tempo de realizações e descanso sozinha e permitir que o seu parceiro experimente o mesmo.

homem e mulher jogando videogame

5. Dividam as tarefas domésticas

Como fala na música Viva a dois, “Eu, antes de você; Deixava a toalha molhada em cima da cama e ninguém reclamava…” Pois agora é diferente, cooperar com a organização da casa é fundamental pra manter um ambiente limpo, higiênico e livre de bagunças.

Por isso, estabeleçam as regras de bom convívio antes, como: o lugar para colocar roupas sujas, como vão limpar a casa, quem cozinha não lava a louça, enfim, fica a critério do casal escolher como organizar uma casa para que não haja uma sobrecarga no futuro.

homem e mulher na cozinha cozinhando

6. Seja honesta

Ser honesta é dizer a verdade, expor o que pensa e contar que um sentimento incomoda. Por isso, seja honesta consigo e o parceiro. Afinal de contas, falar a verdade não fere o relacionamento, pelo contrário, mostra que você se sente à vontade o suficiente para mostrar quem realmente é.

7. Tenha respeito

Quando o parceiro for honesto sobre alguma situação, analise e veja como vocês devem proceder em conjunto. Se ambos disserem a verdade o relacionamento flui e se molda da melhor maneira, é tudo questão de equilíbrio!

Além disso, muitos casais deixam de falar obrigada e por favor, mas a educação e o respeito devem permanecem no relacionamento, independente do tempo juntos. Sendo assim, haja com respeito e gratidão e peça para o parceiro fazer o mesmo.

8. Não deixe o ciúmes prejudicar

É natural sentir um pouco ciúmes. Porém, isso não pode crescer e transformar em uma desconfiança exagerada, pois isso é ruim para o relacionamento. Sendo assim, conte ao parceiro sua insegurança com calma, é aqui que entra a honestidade, e parte dele e de você serem respeitosos com suas emoções e o relacionamento.

9. Reconcilie depois de uma discussão

Discussões vão acontecer, isso é fato, porém é o momento de demonstrar maturidade e resolver a situação da melhor maneira. Tentem terminar o conflito sempre com soluções práticas e evitem que a briga se estenda por muito tempo.

As vezes você pode pensar que é um motivo bobo, mas esse pequeno problema gerou uma discussão. Com isso em mente, dê um fim nessa questão antes que se torne algo maior. Inspire-se nas brigas de criança, elas discutem, mas logo estão se divertindo juntas novamente, sendo assim, reconcilie!

duas mãos entrelaçadas de um casal

10. Demonstre afeto, sem medo!

Diga Eu te amo, elogie (o físico, caráter, personalidade, etc.), leve café da manhã na cama, fique feliz com as pequenas conquistas e comemore cada uma juntos.

Chame para assistir um filme, compre um mimo, escreva frases românticas e se preocupe com o parceiro falando: Bom dia, tenha um ótimo trabalho, mande mensagem quando chegar, pergunte se está bem e escute atentamente a resposta.

Veja quantas pequenas ações nós citamos em pouco tempo. É possível demonstrar carinho, afeto e amor em pequenos espaços do dia. Não espere chegar uma data específica, sejam felizes todos os dias.

11. Compreenda as fases do amor

O amor é feito de fases, durante os primeiros dois anos o romance é intenso e, após isso, ele fica sereno. Mas o ponto de virada dos relacionamentos é nos quatro anos. É depois de todo esse tempo junto que o amor entra na fase do companheirismo.

Entender que o relacionamento passa por esses momento é importante para saber como lidar com a situação da melhor maneira. Por exemplo, na fase do companheirismos é ótimo voltar a fazer as aventuras do momento intenso, ou seja, viajar juntos, sair para jantar fora, divertir com amigos, etc.

Siga esses conselhos para construir um relacionamento saudável com seu parceiro e compartilhe esse post com ele. Continue acompanhando o blog para mais dicas de relacionamento, companheirismo e amor.

Aproveite que está aqui, veja como relaxar a mente e ter paz para conduzir uma vida a dois prazerosa, vale a pena conhecer as dicas.

Nos vemos no próximo post!

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados