Roupa de banho para bebê e crianças: 5 dicas para escolher

Para as crianças, ir à praia, resort, parque aquático ou à piscina é uma aventura inesquecível, aliás, para a família também. O detalhe que torna a experiência ainda melhor é a roupa de banho. Nesse post daremos dicas essenciais de como escolher roupas de banho para os pequenos, deixe a hora do mergulho muito mais divertida!

1. Invista em tecidos com proteção solar

Essa é a característica mais importante em uma roupa de banho infantil, e adulto também. Afinal de contas, os espaços destinados à diversão com água são ao ar livre e os raios solares e o mormaço são intensos, logo, usar um tecido que protege a pele sensível dos pequenos é essencial.

A propósito, uma roupa confeccionada com tecido comum reduz a incidência do raio UV em até 7 vezes, enquanto um tecido com fator de proteção protege em até 30 vezes dos raios UV. Como a pele das crianças é sensível e fica muito tempo em exposição aos raios, é fundamental investir nessa proteção para prevenir a insolação e não queimar a pele.

criança menina com roupa de praia

2. Procure por modelos confortáveis

Escolher uma roupa de banho confortável é imprescindível para um dia divertido, isso se deve ao fato das crianças se movimentarem demais para brincar. Nós listamos alguns cuidados para te ajudar a escolher o que é confortável, veja:

  • Calcinha ou sunga apertada machuca as pernas e a cintura, além do desconforto corporal;
  • Calcinha ou sunga larga caem a cada movimento – imagine quando pular na água;
  • Maiô muito pequeno machuca as pernas, assim como o primeiro cuidado citado, mas além disso, também causa incômodo nos ombros e pescoço;
  • Verifique como a roupa de banho fica no corpo do bebê com e sem fralda, principalmente se a criança estiver no momento do desfralde;
  • Confira se o modelo possui algum detalhe que possa irritar a pele, como lantejoulas, brilhos e aplicações nas laterais do corpo.

crianças com roupa de praia brincando

3. Opte por cores claras ou estampas coloridas

Segundo a física, as cores escuras captam a luz que recebem, enquanto as claras as refletem. Logo, as melhores opções são as roupas claras, já que praia ou piscina são locais com muita incidência de luz. Nesse ponto, aproveite para investir na tendência candy colors, com looks tropicais e o estilo marinheiro (branco, marinho e vermelho).

Para os demais momentos na areia ou longe da água, opte por toalhas, roupões, saídas de praia e vestidos nas tonalidades: branco, off white e bege, pois todas proporcionam frescor, são bonitas e muito agradáveis para usar em dias quentes, além de inspirarem paz e tranquilidade.

criança menina sorrindo com biquíni

4. Leve várias trocas de roupas

Uma mãe sabe que é arriscado sair de casa com as crianças apenas com a troca de roupa que está no corpo, é porque eles são muito arteiros e podem se sujar a qualquer momento. Por isso, seja precavida ao sair para os passeios.

Um dia na praia requer pelo menos duas trocas de roupa de banho, para os meninos são sungas, camisetas e shorts. Já para as meninas um maiô e um biquíni, ou duas peças de cada são essenciais.

A propósito, é interessante que tenha um trocador portátil, assim, você consegue trocar a fralda do bebê ou a roupinha sem precisar usar banheiros públicos. Para saber o que é essencial levar à praia, leia este post: o que não pode faltar na bolsa de praia.

duas meninas sorrindo com roupa de praia estampada

5. Invista em roupas adequadas para o lugar

Usar a roupa certa e no momento certo é muito fácil, e para inspirar você, nós trouxemos um exemplo reverso, ou seja, contando porque não usar roupas de algodão na piscina ou no mar. Olha só:

As roupas de algodão como sarja e tricoline não são interessantes para essas ocasiões pelos seguintes motivos: absorvem muita água deixando a roupa pesada, desbotam por causa do cloro presente em piscina e pelo sal do mar, além de não protegerem a pele dos raios UV, como citamos anteriormente.

crianças vestindo maiô com estampa de borboleta

Sabendo dessas informações, você não vestirá seu bebê com um shorts de algodão. Deixe para colocar quando estiver voltando para casa, isso se estiver com a roupa seca, caso contrário basta enrolar em uma toalha até chegar em casa.

Uma dica para ajudar: todos os tecidos naturais tal como linho, laise e viscose, possuem as mesmas características que citamos anteriormente.

Com isso em mente, procure usar roupas de neoprene, viscolycra e tactel. As duas primeiras se moldam ao corpo garantindo conforto e liberdade para movimentação, e o tactel absorve pouquíssima água, permitindo a secagem rápida e leveza da peça.

Escolher a roupa para as crianças brincarem na água do mar ou na piscina é uma escolha tranquila, basta seguir as dicas que te contamos nestes tópicos. Elas servem para direcionar a sua escolha para a melhor opção.

Gostou das informações? Continue acompanhando o blog da Brandili. Que tal continuar aprendendo sobre esse universo de aventura? Conheça 5 brincadeiras para fazer com os filhos na praia, te garantimos que as sugestões são bem divertidas.

Até o próximo post!

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados