Início » Paternidade » O que é ser pai? 6 verdades que ninguém te contou

O que é ser pai? 6 verdades que ninguém te contou

Principalmente para pais de primeira viagem, a jornada da paternidade traz diversas expectativas, ansiedades e até medos. Isso é completamente normal, tendo em vista que é um embarque para a maior responsabilidade de nossas vidas.

Para te ajudar a se preparar para a chegada do bebê, nós, do Blog da Brandili, preparamos este post com as 6 maiores e mais importantes verdades sobre o ato de ser pai.

Acompanhe a leitura e veja como adotar uma postura paterna e dicas para fazê-lo.

Pai segurando filha bebê numa viagem às montanhas

1. É procurar ser sempre uma figura exemplar

O desenvolvimento do caráter, personalidade e comportamento de uma criança é baseado principalmente nas figuras materna e paterna. O pai é tão importante quanto a mãe e ambos são referências para os filhos, tanto que são os seus primeiros heróis.

Com isso, é preciso saber que uma das grandes responsabilidades de ser pai é procurar sempre agir da forma mais correta possível.

O exemplo está nas pequenas atitudes do dia a dia, como não mentir, pedir por favor, agradecer, cumprimentar com bom dia, boa tarde e boa noite (independente de quem seja), ajudar os outros por solidariedade.

E, acima de tudo isso, amar intensamente a família. Esses hábitos definem uma postura aos filhos de como conviver harmonicamente em sociedade.

2. É ser amigo dos filhos/as

Por mais que pessoas à moda antiga digam que não, saiba que é sim possível ser amigo dos filhos sem perder a figura de respeito de pai. É brincar quando eles querem, mas saber o momento de dizer não.

É levar para passear, mas saber diferenciar os momentos de diversão e trabalho. O equilíbrio entre as atividades de criança e adulto que formam um pai amigo.

Além do mais, o pai amigo é o porto seguro dos filhos, para isso é preciso ser confidente e leal. Quando a criança contar um segredo, não espalhe – essa é uma das 14 atitudes de um pai tóxico.

Você é a pessoa que ela confiou para compartilhar uma necessidade, desejo ou vergonha – não podemos quebrar essa confiança.

3. É estar pronto para educar, corrigir e ensinar

Antigamente, a educação dos filhos recaía sobre as mulheres, enquanto os homens trabalhavam para sustentar a casa. Porém, deixar a responsabilidade de educar (ensinar o que é certo e errado) em apenas uma pessoa é inviável.

Evoluímos socialmente e percebemos que pai e mãe podem participar do mercado de trabalho e educar um filho. Dessa forma, a responsabilidade é compartilhada e fica menos cansativo para ambos.

A educação dos filhos está em corrigir quando necessário, sem tirar o brilho da infância.

A título de exemplo, todas as crianças riscam a parede em uma certa idade – eles não têm noção que isso danifica a casa. Portanto, explique que há lugares mais fáceis para desenhar e cole uma série de folhas na parede.

Assim, você evita que estrague a pintura e permite a criatividade infantil. Ser pai é estar pronto para desenvolver tipos de solução como essa, que são plausíveis e entendíveis pelas crianças.

Pai segurando filho no colo enquanto escolhe um livro

4. É se responsabilizar por afazeres domésticos

A esposa/namorada não é obrigada a fazer todos os serviços domésticos sozinha. Os pais/maridos/namorados devem contribuir nos cuidados com a casa, porém recomendamos que peguem afazeres domésticos como compromissos diários.

Ser pai é dividir as atividades: enquanto um prepara o jantar, o outro dá banho no bebê, por exemplo. Enquanto um lava a louça, o outro auxilia nas tarefas da escola.

Além do mais, seja proativo e enxergue os deveres antes de receber ordens. Viu a roupa suja? Coloque para lavar. A máquina terminou de lavar? Estenda. A roupa está seca? Recolha, passe, dobre e guarde. A organização da rotina é feita por ambos.

Sugestões:

  • Guarde os brinquedos que estão pela casa;
  • Recolha os lixos e dispense no local apropriado;
  • Organize os cômodos (almofadas da sala, arrumar as camas, etc.).

5. É ser presente no dia a dia

As crianças têm energia de sobra – elas podem brincar o dia inteiro com os amiguinhos e, mesmo assim, à noite têm ânimo para se divertir com os pais.

Esses poucos minutos no final do dia criam memórias afetivas maravilhosas, que a criança lembrará com prazer.

É fato que a rotina de trabalho semanal é exaustiva, além de que, atualmente, podemos nos perder no infinito das redes sociais e esquecer de presenciar a vida à nossa frente.

Mas ser pai é fazer esforços constantes para ouvir com atenção as histórias, brincar, assistir um filme infantil educativo juntos e outras pequenas atividades.

Dessa forma, você acompanha o desenvolvimento dos pequenos de perto e a família pode se divertir junta além dos finais semanas.

6. É ser um porto seguro

Como dito anteriormente, ser pai de verdade é ser o porto seguro dos filhos, é ser a pessoa que eles procuram quando não sabem o que fazer ou têm medo de alguma coisa.

A clássica frase dos filmes do Homem-Aranha: “com grandes poderes vêm grandes responsabilidades” aplica-se nessa situação.

Exemplificando:

  • O pai elimina os insetos que machucam ou transmitem doenças (formigas, pernilongos ou baratas);
  • Defende de crianças que estão brigando com o seu filho e causando-o mal;
  • Abraça e conforta quando os sentimentos sobrecarregam o pequeno;
  • Cuida de ferimentos (ralados, batidas ou torção).

Por conta de atitudes como essas, o pai se torna o protetor, o herói do filho.

Pai segurando o filho pela mão enquanto caminham num jardim

Com essas dicas, esperamos que tenha ficado mais claro o que significa ser pai e as responsabilidades que estão por vir. Siga os conselhos que citamos para ser a melhor figura possível para o seu filho(a)!

Veja também:

5 brincadeiras para fazer em qualquer lugar

Literacia familiar: o que é e como criar o hábito?

13 atividades de alfabetização

5/5 - (Total de avaliações: 1)
Compartilhe:
Equipe Brandili

Autor: Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Deixe um comentário