Início » Maternidade » 8 melhores produtos de higiene para bebê recém-nascido

8 melhores produtos de higiene para bebê recém-nascido

Um dos primeiros cuidados com o enxoval deve ser listar os melhores produtos de higiene para o recém-nascido. Afinal, a limpeza dos pequenos deve ser feita com o máximo de cuidado possível devido à sua pele sensível.

Confira, a seguir, os 8 produtos indispensáveis para garantir a higienização dos pequenos em seus primeiros meses.

1. Fraldas descartáveis

A fralda descartável é o produto de higiene que exige o maior investimento — tanto é que a maioria das grávidas faz o chá de fraldas para estocar uma boa quantidade antes do nascimento.
Para facilitar a compra, veja a estimativa média da quantidade de pacotes que um bebê usa.

Idade do bebê Quantidade de fraldas por mês
2 meses 220 fraldas/mês
3 a 8 meses 180 fraldas/mês
9 meses a 2 anos 150 fraldas/mês

Vale dizer que os valores acima consideram um recém-nascido de 3,5 kg que utiliza entre 7 e 8 fraldas ao dia. Depois, o número reduz para 6 e 5 fraldas por dia.

Bebê usa fralda descartável enquanto brinca num varal com a palavra RAWR

2. Sabonete líquido glicerinado

O sabonete líquido glicerinado é próprio para peles sensíveis, pois a sua fórmula tem pH neutro e altíssimo potencial de hidratação (conta com óleos e manteigas extras).

Esse sabonete estimula a flexibilidade e maciez, promovendo o bom desenvolvimento da pele. Para os bebês, é a melhor opção.

Nos banhos, use sempre em pouca quantidade. Uma colher de sopa de sabonete já faz bastante espuma e é suficiente para higienizar o corpo do recém-nascido.

3. Pomadas e cremes para assaduras

É comum que os bebês fiquem com a virilha, dobrinhas das pernas, genitais e bumbum ‘assados’ e bem vermelhinhos.

Afinal, a sua pele é sensível e facilmente afetada por uma troca de fralda demorada, diarreia, contato com a água do mar ou piscina e até sensibilidades na introdução alimentar.

Para isso, as pomadas e cremes para assaduras são essenciais. Esses produtos nutrem, hidratam e previnem o ressecamento e a irritação da pele.

4. Aspirador nasal

O aspirador nasal é um acessório para higienização do nariz dos bebês. Em casos de alta produção de secreção, o corpo não consegue expelir todo o catarro sozinho e bebê ainda não sabe como retirá-lo.

Por isso, eles ficam com o nariz entupido e com a respiração afetada. Evite esse desconforto aspirando as impurezas após o banho.

Ah! E lembre-se de lavar bem as mãos antes de realizar esse e qualquer outro processo de higiene no bebê.

Mãos sendo lavadas com bastante sabão e espuma

5. Lenços umedecidos

Os lenços umedecidos são feitos com água e compostos químicos que garantem a assepsia da região íntima. Segundo a revista Superinteressante, esses produtos são formados por:

  • Bronopol: um germicida e biocida aplicado na água para matar micróbios;
  • EDTA: é um elemento que impede os lenços umedecidos de mofarem;
  • Cocamidopropil betaína: é um removedor de sujeiras conhecido como detergente natural, até gorduras saem com esse aditivo;
  • Metilparabeno: é um fungicida que age com o EDTA e Bronopol para assegurar a assepsia e eliminar qualquer ameaça no corpo do bebê e dentro da embalagem;
  • Utili Lanolina: é um óleo natural extraído através da lã de ovelha que evita a perda de água e mantém a pele hidratada.

Esses compostos químicos mantêm o bebê higienizado por mais tempo, principalmente na região íntima que fica constantemente úmida (condição ideal para a proliferação de infecções).

Portanto, sempre use lenços umedecidos para limpar as necessidades do bebê.

5. Cotonetes e algodão

O lenço umedecido é fundamental para a higienização, mas não consegue limpar precisamente todas as dobrinhas do corpo do bebê.

Isso é um grande problema, pois impurezas e água podem se acumular e acabar provocando assaduras e infecções, em casos graves.

Os cotonetes são a melhor forma de prevenção, já que alcançam todos os cantinhos. O algodão também pode ser usado para tirar a umidade da região e aplicar álcool e sabonete ao redor do umbigo.

Ambos são macios, sem fragrância e não machucam a pele do bebê.

Foto de cotonetes e discos de algodão

7. Tesoura ou cortador de unhas de bebês

Já notou como a unha dos bebês cresce rapidamente? Eles recebem inúmeros nutrientes a cada amamentação, e um corpo saudável se desenvolve em pouco tempo.

A forma correta de cortar a unha de bebês é em linha reta, aparando as laterais para não ficar uma pontinha.

Para maior segurança, invista em um cortador/tesoura de unhas próprio para os pequenos e faça o corte após o banho (quando as unhas estão mais maleáveis) ou enquanto o bebê dorme.

8. Escova massageadora de gengiva

Mesmo antes do nascimento do primeiro dente, a gengiva, a língua e a bochecha interna acumulam resíduos e podem acabar desenvolvendo a cárie de mamadeira.

A higienização da boca é simples, mas precisa ser feita diariamente.

Coloque uma pontinha de flanela fina na ponta do dedo indicador e mergulhe-a em água morna. Nunca utilize creme dental! Depois, passe o tecido levemente pela boca do bebê.

No entanto, com o tempo, a flanela não será suficiente para limpar, pois, a gengiva começa a se desenvolver e espaços profundos aparecem nos locais em que os dentinhos vão aparecer.

É nesse momento que você deve começar a usar a escova massageadora. Ela tira as impurezas da parte profunda e de trás da gengiva. Ah, e ainda aumenta a circulação na região e suaviza a irritação do nascimento dos dentinhos.

E então, o que achou da nossa lista dos melhores produtos de higiene para o seu bebê recém-nascido? Comente abaixo a sua opinião e cite outros itens que você considera importantes!

Outros posts que você pode gostar:

6 Brincadeiras para chá revelação

10 Dicas de como cuidar das roupas do bebê

Avalie este post
Compartilhe:
Equipe Brandili

Autor: Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Deixe um comentário