Início » Dicas » Chá de camomila para bebê: conheça os benefícios, como usar e cuidados

Chá de camomila para bebê: conheça os benefícios, como usar e cuidados

6 minutos de leitura

Que a camomila tem propriedades medicinais e calmantes já é de conhecimento popular. Mas uma questão que ainda deixa algumas dúvidas é sobre oferecer o chá de camomila para bebês.

Será que as substâncias presentes na planta realmente são benéficas para a saúde e o organismo do bebê? Quais são os benefícios que a planta pode proporcionar? A partir de quando o bebê pode consumir o chá de camomila? No conteúdo de hoje, você vai encontrar essas respostas e algumas dicas sobre o chá de camomila para bebês.

Antes de mais nada, é importante lembrar que, até os seis meses de vida, a alimentação do bebê deve ser exclusivamente pelo aleitamento materno e qualquer outro tipo de alimento só deve ser inserido na dieta sob recomendação médica. Dito isso, vamos ao que interessa!

Benefícios do chá de camomila para bebês

Já posso começar dizendo que um dos principais benefícios do chá de camomila para bebês é que ele não tem efeitos colaterais, além de ser um remédio totalmente natural. Dentre outras vantagens, você vai saber como a camomila pode ajudar na saúde da pele do bebê, na diminuição das cólicas, no auxílio da digestão e até na qualidade do sono.

foto superior de uma xícara de chá de camomila

 

Existem outras plantas como a erva-doce, a erva-cidreira e a hortelã que são ótimas para fazer chás benéficos para a saúde das crianças, assim como a camomila. Continue a leitura e descubra o poder que essa planta minúscula pode oferecer para a saúde dos bebês e das mamães também.

1. Melhora a saúde da pele

A minha primeira dica nem é sobre o chá de camomila. Vamos lá:

 

mãe passando creme no rosto da criança

 

A pele dos bebês é muito sensível a qualquer tipo de alergia, mudanças bruscas de temperatura e contato com tecidos sintéticos. Para auxiliar no desenvolvimento dos organismos que ajudam a proteger a pele do bebê, compressas de camomila concentrada podem ser uma boa opção.

Uma simples massagem nos bebês com algumas gotinhas de óleo de camomila podem ter um efeito calmante, além de hidratar a pele, deixando todo o corpo com um toque macio e com um aspecto saudável. Além disso, pode aliviar irritações de pele e reduzir manchas e vermelhidão por meio da ação de seus componentes antioxidantes.

O cuidado que você deve ter é se certificar de que o bebê não é alérgico à nenhuma substância presente na camomila, pois essa é a única contraindicação da planta.

2. Contribui no controle da ansiedade e da irritação

O chá de camomila é um calmante natural e pode ser usado para aliviar o estresse dos bebês em períodos de irritação decorrente da frustração, desapontamento ou até mesmo surpresa com alguma nova descoberta.

 

bebê chorando

 

O chá também pode ajudar vocês, mamães, em casos de ansiedade durante a gravidez pela mesma ação calmante que controla a irritação das crianças. Não só na gravidez, né, afinal todo mundo tem dias que um calmante vai bem, e para uma opção mais saudável, a camomila é a indicação ideal.

3. Diminui as cólicas dos primeiros anos de vida

Durante os primeiros anos de vida, o organismo do bebê continua em formação. Por conta do desenvolvimento do sistema digestório, as cólicas são comuns. A partir dos seis meses, você pode começar a fazer a introdução alimentar e ir inserindo gradualmente alguns alimentos na dieta do bebê.

 

mãe massageando a barriga de um bebê

 

O chá de camomila é um dos itens que podem fazer parte dessa dieta, em ocasiões pontuais como na diminuição das cólicas. E, é claro, se você perceber que os sintomas não diminuem com o chá, o melhor a fazer é sempre procurar o médico pediatra que cuida do se bebê.

4. Alivia as dores do crescimento

Durante os primeiros anos de vida, o aspecto das crianças muda consideravelmente e, em alguns casos, o crescimento pode trazer dores e desconfortos. O chá de camomila é ótimo para relaxar toda a musculatura do corpo, fazendo com que o bebê se sinta mais confortável nessa fase.

 

bebê sentado sobre a cama olhando para a câmera

 

Outra mudança pela qual os bebês passam e pode ser bastante dolorida é o nascimento dos dentes. Existem diversos remédios caseiros para aliviar a dor de dente, e o chá de camomila está entre os “remedinhos” indicados.

5. Colabora com a digestão

O chá de camomila também tem propriedades que colaboram no processo digestivo dos bebês que podem sofrer com isso durante o processo de desenvolvimento do organismo. Além do chá, você também pode fazer compressas na barriga de maneira gentil e delicada na pele, principalmente se o bebê ainda for recém-nascido e estiver na dieta exclusiva de leite materno.

 

criança ri enquanto segura os pés

 

6. Promove um sono tranquilo

Esse é um benefício que não só os bebês podem aproveitar: os efeitos calmantes do chá de camomila para bebês podem proporcionar um sono tranquilo e reparador. Lembre-se de que o chá também ajuda na diminuição das cólicas, ou seja, são dois benefícios para que o seu bebê consiga dormir por mais tempo sem incômodos.

 

bebê de blusa listrada dorme tranquilo

 

Outra maneira de incluir a planta na rotina do seu bebê para um sono melhor é o travesseiro aromático de camomila. Confira nosso tutorial de como fazer um e tenha sempre com você esse acessório quase terapêutico com propriedades calmantes.

7. Ajuda a controlar a quantidade de açúcar no organismo

Para bebês que já estão se alimentando, o chá de camomila pode ter uma ação controladora no açúcar no organismo, ajudando a prevenir desde cedo diversas doenças que podem aparecer na vida mais tarde, como o diabetes, principalmente se o bebê já tiver uma predisposição genética para a doença.

 

menina olha concentrada para a câmera

 

Manter uma dieta saudável e equilibrada do seu bebê sempre será a melhor maneira de favorecer o desenvolvimento dele, para poder aproveitar a infância com muita energia e disposição.

Quando posso dar chá de camomila para o bebê?

O chá de camomila pode ser oferecido ao bebê com o processo de introdução alimentar, a partir dos seis meses. Antes de qualquer iniciativa, sempre consulte o médico pediatra para uma melhor orientação sobre medicamentos e remédios naturais.

Pode dar chá de camomila para recém-nascido?

Não. Os recém-nascidos devem ter uma alimentação exclusiva de leite materno pelo menos até os seis meses, pois o alimento possui todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do organismo do bebê. Para usar a camomila nesse período, opte por compressas delicadas de óleo ou camomila concentrada em pequenas quantidades para aliviar dores, inflamações e manter a pele do bebê cuidada.

Nossa, quem diria que uma planta tão pequena pudesse ter tantos benefícios para a saúde, não é verdade? As mulheres, principalmente, podem aproveitar o ciclo natural da sua natureza, para extrair muitos outros benefícios das plantas e ervas. A Brandili tem um material incrível sobre esse assunto: manual de ervas para os ciclos femininos. Não deixe de ler e aproveite a conexão do seu feminino com a natureza para aprender ainda mais sobre si mesma!

Avalie este post
Compartilhe:
Jefferson Back

Autor: Jefferson Back

Graduado em Publicidade e Propaganda pela Unisociesc Blumenau, atua no universo digital há quase dez anos. Pós-graduando em Neuromarketing e Brandsense pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), é fascinado pelo mundo da comunicação e comportamento humano.

Deixe um comentário