Coordenação motora fina das crianças: atividades para desenvolver

Muito se fala sobre a importância do desenvolvimento da coordenação motora fina desde os primeiros meses de vida das crianças, no entanto, mães e pais têm algumas dúvidas sobre o que de fato é e quais os seus benefícios a longo prazo.

Quanto mais cedo as crianças são estimuladas, maior será o seu desenvolvimento em diferentes aspectos, desde o social, motor e até intelectual! Com a coordenação motora fina não seria diferente, ela está inteiramente ligada aos movimentos realizados com as mãos!

As mãos são responsáveis por realizar diversas atividades, como segurar objetos, cortar, colar, escrever, desenhar, pintar, bater palmas e muitas outras. Por isso, quanto mais cedo a sua criança é estimulada, maior a precisão com que todas essas atividades serão feitas. 

As crianças estão tendo acesso a tablets e smartphones cada vez mais novas e isso pode acabar comprometendo o desenvolvimento da coordenação, uma vez que, elas acabam não sendo estimuladas a realizar algumas atividades mais minuciosas, como rasgar, cortar e pintar segurando um pincel.

Continue lendo o post para aprender algumas atividades que podem ser feitas com as crianças e aguçe a coordenação motora fina! 

O que é coordenação motora fina?

A coordenação motora está totalmente ligada à possibilidade de realizar movimentos e atividades do dia a dia, enquanto a coordenação motora fina é a responsável pelos movimentos das mãos e seus músculos.

Todo mundo tem coordenação motora fina, entretanto, cada um se desenvolve de uma maneira ou ritmo, com isso, não há o que se preocupar! No entanto, alguns pequenos realizam atividades com muito mais facilidade que outros, tal fator, pode estar ligado aos estímulos ofertados logo na infância.

As dificuldades no desenvolvimento dessas habilidades podem estar ligadas a falta de estímulos. Isso pode ser percebido ainda na escola, no período de alfabetização, quando a criança não consegue ou encontra alguma dificuldade para pintar em um espaço delimitado, por exemplo.

Outras disfunções podem estar associadas a fatores mais graves, como hiperatividade ou dislexia, que fazem com que as crianças tenham muito mais dificuldades para ler ou escrever e, por isso, é importante contar com a ajuda de um profissional, como psicólogo e terapeuta educacional.

crianca com talbet

Porque é tão importante?

A importância da coordenação motora fina tem comprovação científica e está diretamente ligada às crianças em fase de alfabetização, que é aquele período em que elas aprendem a ler e escrever.

Crianças que desde pequenas têm o contato com giz de cera ou tinta apresentam uma ativação neurológica muito maior que de crianças que não tiveram esse contato ou estímulo. 

As crianças que foram estimuladas conseguem segurar o lápis com muito mais precisão e justamente por isso tem mais facilidade para desenhar ou escrever. 

Por isso, é muito importante que elas pratiquem atividades, algumas delas bem simples até, para que possam se desenvolver motora e neurologicamente. 

Sinais dados pelas crianças em diferentes fases

Ao longo do seu crescimento e desenvolvimento os bebês e crianças começam a apresentar alguns sinais. 

É importante estar atento e notar se a criança está se desenvolvendo plenamente ou se precisa de algum acompanhamento especial. Confira algumas características respectivas a cada idade:

De 2 a 4 meses: Nessa fase o bebê começa a virar a cabeça seguindo a voz que ele ouve, além disso, é comum que eles consigam firmar a cabeça em diversas situações. Outros sinais perceptíveis estão no ato de juntar as mãos e segurar objetos como brinquedos e chocalhos.

6 meses: Aos seis meses o bebê já é capaz de pegar e segurar objetos e brinquedos e transferi-los de uma mão a outra. Ele também já consegue pedir colo levantando as mãos e sentar se equilibrando sem apoio. É nessa fase que o bebê começa a fazer a introdução alimentar e, por esse motivo, já consegue pegar os alimentos e colocar na boca com autonomia.

9 meses: Por volta dos nove meses, a criança já consegue fazer movimentos de pinça com os dedos, ficar em pé se apoiando em superfícies, engatinhar, pegar objetos e brinquedos para bater com as duas mãos e outras atividades que imitam o movimento de andar.

De 1 a 2 anos: Nessa fase a criança tem mais firmeza para segurar objetos e já consegue fazer alguns rabiscos, além de empilhar blocos, arremessar coisas, folhear livros, tirar e colocar objetos em um determinado lugar ou recipiente. É aqui que elas aprendem a andar e correr.

De 2 a 3 anos: Entre dois a três anos, a criança, já consegue realizar atividades mais precisas como: acertar objetos em um determinado alvo, recortar e rasgar papéis, produzir desenhos mais precisos, construir torres e muitas outras atividades voltadas para o força e cognição.

De 3 a 6 anos: Ao longo dos três aos seis anos, a criança é capaz de abotoar e fechar zíperes, segura canetas ou lápis com muito mais precisão e fazer movimentos com o dedo que imitam uma pinça. 

Nessa fase, ela já consegue escrever o seu nome e cortar em cima de linhas pontilhadas em um papel. Por estarem maiores, as crianças também já têm independência e autonomia na hora de se vestir e escolher o visual.

berço de bebe

Atividades para desenvolver a coordenação motora fina das crianças

São muitas as atividades simples que podem ser feitas com as crianças. Conheça a lista completa e aprenda como estimular a sua coordenação motora fina:

Massinha

Ao brincar de massinha as crianças conseguem realizar movimentos de amassar, enrolar, apertar, puxar e esticar! Esses movimentos simples são ótimos para o desenvolvimento e fortalecimento dos músculos das mãos, assim como as pontas dos dedos. 

A massinha é uma atividade sensorial muito divertida. Lembre-se, basta tomar todas as medidas de segurança que a brincadeira estará garantida (veja nosso post sobre como fazer massinha caseira super divertida)! 

Papel para colorir

Assim como a massinha, o papel permite realizar atividades bem simples porém de grande valor. Rasgar, dobrar e embolar, são algumas delas. Com o passar do tempo e do seu desenvolvimento, as crianças conseguem ter mais precisão para realizar essas tarefas. 

As atividades com papel são simples, mas muito completas, já que ao rasgar, por exemplo, a criança consegue fazer dois movimentos ao mesmo tempo. A melhor maneira de estimular os pequenos é por meio da diversão!

Empilhar e encaixar blocos

Alguns brinquedos infantis são ótimos para estimular a coordenação motora das crianças. Os blocos de empilhar e encaixar são uma excelente opção para estimular a coordenação motora fina. 

Ao realizar essas atividades, ela desenvolve tanto a capacidade de segurar objetos, quanto de empilhar e também encaixar no local determinado. Essa atividade é excelente para a memória, cognição motora e dinamismo. 

Agora que você já sabe sobre a importância da coordenação motora fina no desenvolvimento das crianças e quais atividades propor para que elas sejam estimuladas, incentivar os pequenos ficará muito mais prático!

Gostou das dicas? Não deixe de acompanhar o nosso blog, fique sempre por dentro do universo infantil. Até o próximo post!

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados