5 dicas incríveis sobre alimentação saudável na adolescência

A alimentação saudável para adolescentes é, normalmente, uma preocupação para os pais, já que nesta idade os jovenzinhos costumam ter preferência por alimentos mais gordurosos e calóricos. Acredite: vocês, pais, podem servir de exemplo para que as crianças optem por alimentos benéficos à saúde!

A adolescência e pré-adolescência são fases em que a supervisão constante de um adulto passa a ser mais difícil, afinal, os filhos começam a ter mais liberdade, seja para ir à casa de um amiguinho ou ao shopping em um final de semana. 

Desse modo, você deve estar se perguntando se existe uma maneira de garantir que os filhos tenham uma boa alimentação mesmo que não estejam totalmente em seu campo de visão. A resposta é “sim”! É possível começar servindo de exemplo para que seu filho conquiste hábitos mais saudáveis! 

Neste post te daremos algumas dicas para que isso se torne realidade em sua família. Continue lendo para ficar por dentro do assunto!

Qual a importância de uma alimentação saudável na adolescência?

É comum, quando criança, escutar a frase “alimentos ricos em fibras e nutrientes fazem bem para a saúde”, entretanto, isso se torna ainda mais evidente quando os filhos nascem. 

A preocupação começa a partir da fase de introdução alimentar, que se inicia com a inclusão de hábitos alimentares saudáveis na infância, e vai aumentando conforme os filhos crescem e começam a ter liberdade de escolha, principalmente relacionado ao que querem ou não comer.

Os alimentos são fonte de energia para adolescentes e pré-adolescentes, os quais estão em fase de crescimento e, por isso, é preciso manter um equilíbrio entre suas refeições. 

Uma má alimentação pode ocasionar diversos problemas de saúde físicos e psicológicos, como obesidade, colesterol alto, hipertensão, falta de atenção e baixo desempenho escolar. 

É necessário que os pais fiquem atentos quanto ao desenvolvimento pessoal e educacional dos filhos, relacionando a evolução do adolescente com seus hábitos alimentares, analisando se é necessário alguma mudança na rotina alimentar. 

Nessa idade, a rotina alimentar é importantíssima, já que os pequenos irão se espelhar no que está à sua volta, reproduzindo o que estão vendo. Por conta disso, seja um exemplo e apresente uma alimentação equilibrada aos filhos adolescentes, rica em legumes (abobrinha, cenoura e brócolis), verduras (alface, rúcula e agrião), cereais (arroz, aveia e milho) e frutas (maçã, morango e pêra).

Como criar uma rotina de alimentação saudável na adolescência?

Não é novidade que, entre os 8 aos 13 anos, o pré-adolescente está em uma fase de pleno desenvolvimento. Por conta disso, manter uma rotina específica auxilia, e muito, no crescimento dos pequenos. 

Por outro lado, nem sempre é fácil criar horários específicos para determinadas atividades e, principalmente, refeições, por isso seguir algumas dicas podem ajudar nesse processo. 

Confira cinco dicas valiosas para acrescentar à rotina alimentar do seu filho:

1. Seja o exemplo!

Já ouviu o ditado que diz “os filhos são o reflexo dos pais”? Pois é, a criança cresce se espelhando nos movimentos dos mais velhos, imitando e reproduzindo o que é feito por eles. 

Na adolescência isso não é diferente! Os jovens desta faixa etária estão atentos ao que está acontecendo ao seu redor e, na maioria das vezes, copiam o que estão vendo. 

Assim sendo, os costumes familiares são decisivos nesse momento de formação. Logo, seja o exemplo! Se você quer que seus filhos tenham hábitos alimentares mais saudáveis, tenha hábitos alimentares saudáveis. 

Eles irão aprender então, mesmo que inconscientemente, que a escolha de refeições equilibradas é positiva.

2. Converse sobre alimentação saudável com seu filho

Não há nada melhor para educar os filhos do que manter um diálogo franco sobre determinado assunto. Com a alimentação saudável para adolescentes, é a mesma coisa! 

As pessoas confiam no que é dito pelos responsáveis e, por isso, o que é dito por vocês é confiável para eles, tornando-se a verdade. 

Conscientize seu filho sobre os malefícios de uma alimentação desequilibrada, lembrando-os que a escolha de alimentos calóricos e gordurosos possibilita o aparecimento de doenças futuras – e até a temida acne! 

Conduza o papo com calma, explicando os motivos e os benefícios de seguir com refeições adequadas, ou seja, que possuam nutrientes suficientes para o bom desenvolvimento do adolescente.

3. Inclua dias específicos para ingerir alimentos considerados não saudáveis

É claro que a restrição completa de alimentos que são nomeados como sendo as famosas “besteiras” não é a opção mais recomendada. 

Se os pais cortarem totalmente as guloseimas do seu filho, a vontade por determinado alimento vai aumentar drasticamente, fazendo com que, quando eles tiverem a comida desejada por perto, o consumo seja bem maior que o recomendável. 

Portanto, escolha dias específicos para que eles possam se deliciar com comidas mais pesadas, como frituras e doces. Assim, você irá dosar a ingestão desses alimentos e não deixará seu filho com uma vontade insaciável por determinados alimentos.

4. Transforme comidas “sem graça” em refeições de brilhar os olhos

Normalmente, os adolescentes vão criando algumas desconfianças sobre determinados alimentos, seja pela cor ou pela textura, ficando retraídos na hora de ingerir legumes, verduras ou frutas. 

Você sabia que a solução é mais fácil do que o imaginado? A maneira com que um alimento é feito ou apresentado influencia diretamente na aceitação do alimento. 

Mas como isso é possível?

Simples! Uma banana se transforma em um chips incrível quando cortada em pedaços finos e levados ao forno por 20 minutinhos. Há várias maneiras de efetuar receitas deliciosas e saudáveis para crianças, fazendo com que a alimentação do seu filho se torne saudável e divertida ao mesmo tempo.

5. Faça das refeições momentos únicos em família

Hábitos alimentares saudáveis não dizem respeito somente ao que está sendo ingerido, mas também se o ambiente é propício para a refeição. 

Claro que comer em frente à televisão é muito mais divertido para os adolescentes, ainda mais quando aquele desenho “maneiro” está passando, porém, não é recomendável, já que a atenção do seu filho vai estar sendo transferida para a TV e não à comida. 

Separe um tempo, arrume a mesa e chame os filhos para comer. Seja no almoço, café ou jantar, uma mesa bem arrumada e um ambiente tranquilo fazem com que eles se concentrem na comida, sentindo todos os sabores disponíveis à mesa. 

Vocês, pais, possuem um papel fundamental na alimentação saudável dos jovens, principalmente na fase da adolescência. Tenha hábitos saudáveis e incentive-os a terem também! 

O exemplo que está dentro de casa encontra-se sob atenção constante, ou seja, você está sendo analisado, servindo de referência para seus filhos. Não permita que suas ações sejam um péssimo exemplo para as crianças e nem condene um tipo de alimento. Todo alimento é bem vindo, basta o equilíbrio!

Se você quer saber mais dicas sobre educação, desenvolvimento dos filhos e até mesmo dicas sobre a rotina, o nosso Blog está recheado de informações sensacionais! Acesse o nosso Instagram e mantenha-se atualizado sobre mais assuntos como estes.

Equipe Brandili

Escrito por Equipe Brandili

A Brandili é muito mais do que uma fábrica de roupas, é uma empresa que trabalha com amor, carinho e muita dedicação.

Comente!

Assuntos Relacionados